instituto brasileiro arte e cultura
2016 - ano martins pena

Martins Pena
 
2004
 
 
 
 
 
2004 :: Ano Johnny Alf

 

 

"Eu nasci no dia 19 de maio de 1929, em Vila Isabel, rua Barão de São Francisco - pelo menos assim dizem. Meu pai, Antônio José da Silva, morreu na Revolução de 1932, quando eu ainda não tinha três anos. Era soldado ou cabo, um negócio assim. Minha mãe, Inês Marina da Conceição, se empregou numa casa de família, e essa família foi quem me criou, me deu estudo. Primário, ginasial e científico, até o segundo ano. Com nove ou dez anos de idade comecei a estudar piano com uma pessoa amiga da família, Geni Borges. O que eu estudei de música clássica - que já era do meu gosto musical - teve pouca influência depois. Porque nos primeiros anos de piano a gente segue aquele ritmo de peças tradicionais - mais Chopin que Debussy.

 

"Impacto mesmo me dava outro tipo de música. Eram os filmes musicais americanos que tinham George Gershwin, Cole Porter, esse pessoal todo. Era o que me acendia aquela vontade interior de criar alguma coisa. Então, quando eu estudava, quando voltava do cinema sob aquele impacto, eu ia ao piano e fazia coisas com a influência do que tinha ouvido, inventava a melodia, e tal..."

Johnny Alf (Extraído do fascículo História da Música Popular Brasileira - Volume 43, Editora Abril, 1972).

 

 

 
 

|| página inicial || apoio e patrocínio || institucional || sítios indicados || ||