instituto brasileiro arte e cultura
2016 - ano martins pena

Martins Pena
 
INTEGRANTES
 
 
 
 
 
Membros Fundadores

 

Alexandre Prado
(33 anos, São Paulo/SP, BRA)

Estudou Rádio e TV na FASP - Faculdades Associadas de São Paulo.

Participou de montagens na área de Teatro de Bonecos e do Prêmio Estudantil Rádio Cultura. Foi assistente de Elvis Natalis e articulista da revista "Vídeo Zoom Magazine". Atualmente trabalha como assistente de câmera na TV Record, sendo seu objetivo maior realizar obras em cinema. O apoio à cultura o motivou a ingressar no IBAC.


Angela Oskar
(Fernandez, Angela Esther Aravena. 31 anos, Santiago/CHI)

Discípula do mímico Hugo Oskar, fez parte das companhias teatrais "TEA - Teatro Experimental Ambulante", de teatro de animação e "Teatro de Risco". Cantou no coral Lumiá Ensemble, da Universidade Livre de Música de São Paulo. Atualmente, desenvolve peças e painéis decorativos para a Bacuri Arte e Decoração. É vice-presidente do IBAC.


Antônio Martins dos Reis
(75 anos, Boquim/SE, BRA)

Capitão da reserva da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Mantém de longa data, forte relação com diversas manifestações artísticas. Na juventude, foi caboclo de reisado em sua terra natal, sendo também poeta de cordel. Atualmente dedica-se a literatura e aulas de música, sendo violonista amador e compositor. Foi o primeiro secretário-geral do IBAC.


Antônio Perez Pellegrina
(36 anos, São Paulo/SP, BRA)

Formado em Comunicação Social com especialização em Marketing, pela ESPM - Escola Superior de Propaganda e Marketing.

É analista de produtos da Varig. Estudou comunicação, justamente pela proximidade desta com as artes, uma vez que é músico e pintor amador. Acreditando que a identidade nacional se constrói através da memória, ingressou no IBAC, onde exerce o cargo de secretário.


Deborah de Marco Ridolfi
(39 anos, São Paulo/SP, BRA)

Formada em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP).

Atuou como professora de História do Brasil em diversas escolas do ensino público de São Paulo. Atualmente exerce o cargo de Coordenadora do Departamento de Formação Profissional do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo. Atua no IBAC em função do interesse teórico cultural que sua profissão desperta em relação às artes em geral.


Elis Andréa T. Tochihara
(37 anos, São Paulo/SP, BRA)

Economista, formada pela FACESP – Faculdade de Ciências Econômicas de São Paulo.

Atualmente exerce o cargo de gerente de negócios do Grupo Santander Banespa. Apaixonada por música popular brasileira, ingressou no IBAC com a convicção de que a cultura nacional precisa dar um grande salto em relação à sua memória. No instituto, exerce a função de 2ª tesoureira.


José Lopes Jr.
(35 anos, São Paulo/SP, BRA)

Contador, formado pela Faculdade Tibiriçá.

Atualmente se encontra no 4º ano de Direito na UNIFMU – Universidade e Faculdade Metropolitanas Unidas. É compositor, músico amador e apaixonado por cinema nacional. Seu ingresso no IBAC se deu pelo objetivo de resgatar a cultura nacional como um todo.


Júlio Eujácio Alves Marcelino
(44 anos, São Paulo/SP, BRA)

Músico, formado em violão erudito pelo Conservatório Musical do Imirim.

Atuou como violonista e cavaquinista em grupos de samba paulistanos. Atualmente acompanha Renato de Sá, atuando como violonista de seu grupo. Sua participação no IBAC se dá como um dos coordenadores responsáveis pela área de música.


Lúcia Maria Saldini Bazeggio
(São Paulo/SP, BRA)

Formada em Letras e Direito.

Exerceu durante muitos anos a função de professora de Língua Portuguesa e Literatura em diversas escolas da cidade de São Paulo. Estudou música, artesanato e pintura. Atualmente é estagiária de direito na PAJ – Procuradoria de Assistência Jurídica, em São Paulo. Ingressou no IBAC com a convicção de que a arte desempenha importante papel social.


Maria Bob
(Bob, Maria Aparecida Lopes. 43 anos, São Paulo/SP, BRA)

Formada em Artes Plásticas pelo Mozarteum Brasileiro.

Trabalhou como ilustradora em jornais de classe paulistanos e produziu a capa do CD "...e Continuamos Nós", do Grupo Modulassons. Cantou no coral Lumiá Ensemble, da Universidade Livre de Música de São Paulo. Atualmente, desenvolve peças e painéis decorativos para a Bacuri Arte e Decoração. É tesoureira do IBAC.


Osvaldo Makoto Yasuda
(48 anos, Bragança Paulista/SP, BRA)

Formado em Ciência da Computação pela Universidade de São Paulo (USP).

Durante muitos anos atuou nas áreas de tecnologia do Banco Itaú. Estudou canto, violão e percussão. Em 2004 ordenou-se monge taoísta, sua principal atividade atualmente. É um dos principais responsáveis pelos sítios do IBAC.


Renato de Sá
(28/10/1969, São Paulo/SP, BRA)

Músico, cuja formação se desenvolveu no Conservatório de Tatuí, estado de São Paulo.

Desenvolve carreira com seu próprio grupo de música instrumental brasileira. É autor do livro "211 Levadas Rítmicas" (Ed. Irmãos Vitale). Um dos idealizadores do sítio Futebol Imaginário – do qual é articulista –, exerce atualmente o cargo de presidente do IBAC.


Rogério Hideo Tochihara
(39 anos, São Paulo/SP, BRA)

Físico, formado pela Universidade de São Paulo (USP).

Atualmente exerce o cargo de analista de processos do Grupo Santander Banespa. Durante três anos, estudou violão erudito, sendo também apaixonado por cinema, pintura e histórias em quadrinhos. Exerce o cargo de 3º tesoureiro do IBAC.


Rogério Lima
(Lima, Antônio Rogério de. 26/05/1968, São Paulo/SP, BRA)

Bacharel em Psicologia pela UNIP - Universidade Paulista.

Poeta, escritor e letrista, teve poesias publicadas nas antologias "Poetas Brasileiros de Hoje - 1989", da Shogun Arte Editora e "As Quatro Estações", do Grêmio Haikai Ipê, em 1991. É um dos idealizadores do sitio "Futebol Imaginário". Exerce o cargo de 2º secretário do IBAC e é o responsável pelos sítios do instituto.


 
 
 

|| página inicial || apoio e patrocínio || institucional || sítios indicados || ||